Controle do ativo imobilizado: saiba como fazer

Esta Com Problemas No Relacionamento Entre Sua Ong E Os Doadores A Ferramenta Crm Ira Ajudar Post (1) - Quero montar uma empresa

Controle do ativo imobilizado para instituições do terceiro setor: como fazer

Um aspecto muito importante em empresas, mas que nem todos dão a devida atenção, está relacionado ao controle do ativo imobilizado. Em nosso artigo, reunimos informações que vão te atualizar sobre o assunto

Conhecer o patrimônio de sua entidade é essencial para que suas decisões sejam fundamentadas na sua realidade, e o controle do ativo imobilizado te ajuda nessa tarefa.

Em contabilidade, o termo “patrimônio” é bastante genérico e envolve todos os bens, direitos e obrigações do seu negócio. Já o ativo imobilizado, por sua vez, refere-se a aspectos específicos.

Sobre eles, para que você tenha um melhor entendimento, conversaremos nas próximas linhas.

O que é ativo imobilizado, depreciação e exaustão?

Podemos entender o ativo imobilizado como os bens e direitos utilizados pela empresa para a realização de suas atividades e que tenham tangibilidade, ou seja, que sejam corpóreos, tocáveis, palpáveis.

Dessa forma, entendemos como ativo imobilizado, por exemplo:

  • Prédios;
  • Veículos;
  • Máquinas e equipamentos;
  • Terrenos;
  • Fazendas;
  • Galpões;
  • Móveis;
  • Embarcações;
  • Florestas;
  • Jazidas minerais.

Apesar de terem longa duração, cada um desses itens costuma ter vida útil e perder valor de mercado.

Então, manter esses itens nos seus relatórios com o valor pelos quais foram adquiridos não irá ajudar a entender a posição do seu negócio, concorda?

Por conta disso, em contabilidade, a depreciação e exaustão estão relacionadas ao controle do ativo imobilizado.

A depreciação consiste na perda de valor de um ativo imobilizado por conta do seu desgaste natural ou uso.

São passíveis de depreciação, por exemplo: veículos, máquinas e equipamentos, embarcações e móveis. Lembrando que terrenos não podem ser depreciados, pois entende-se que sua vida útil não tem limites.

Já a exaustão se preocupa em registrar a perda de valor de recursos naturais decorrente de sua exploração, nesse caso, devem ser calculados e registrados os valores referentes à exaustão de florestas e jazidas minerais.

Conheça por que o controle do artigo imobilizado é importante para uma boa gestão da sua empresa

Através desse controle, você evita que os dados constantes em seus relatórios estejam desatualizados.

Vamos pensar em um exemplo hipotético de uma organização que possua uma frota de veículos em seu ativo imobilizado, adquirida há 10 anos.

Digamos que ela vá adquirir um financiamento, caso os registros contábeis não sejam realizados corretamente, poderá induzir o banco a erro, já que o valor atual dessa frota não será o mesmo de 10 anos atrás.

Isso pode fazer com que você responda por fraude contábil, já que administradores e contadores, nesse caso, respondem solidariamente, ou seja, em conjunto.

Além disso, o controle do artigo imobilizado permite que você decida tendo com base a realidade da sua empresa, principalmente no que diz respeito a trocar os seus imóveis.

Também contribui para que os furtos em seu negócio sejam reduzidos, haja vista que, como  controle do ativo imobilizado, fica muito mais fácil saber quais os seus bens e quais os que não estão nas dependências da sua instituição.

Saiba como fazer o controle do ativo imobilizado de forma eficiente

Existem várias formas de se fazer o controle do ativo, dentre elas, temos:

Emplaquetamento dos seus bens

Consiste em numerar cada um de seus móveis, como bancadas, computadores, mesas, cadeiras, ar-condicionados, dentre outros.

Na esfera pública, isso é conhecido como “tombo”, sendo comum a gente identificá-lo pelas placas de metal postas nos móveis dessas instituições.

Inventário periódico

Consiste na contagem do seu patrimônio, levantando seu número e características.

Através dele, você consegue identificar itens que estão faltando, buscar reavê-los ou evitar que sumiços voltem a acontecer no seu empreendimento.

Cálculo da depreciação e exaustão

Como já vimos, trata-se do registro da perda natural do valor do seu patrimônio. 

É essencial que sejam feitos os cálculos, periodicamente, seguindo os percentuais relacionados à vida útil, estabelecidos pela Receita Federal.

Ter o controle do ativo imobilizado adequado exige o correto cálculo da depreciação e exaustão dos bens de sua entidade.

Contabilidade para terceiro setor: o apoio que você precisa quando se trata de controle do ativo imobilizado em sua empresa

Como vimos até aqui, realizar um controle adequado do ativo imobilizado é essencial para que você possa ter dados atualizados do seu negócio, essencial à decisões fundamentadas.

Além disso, realizar a escrituração contábil é uma obrigação imposta pela legislação tributária à grande parte das instituições, agir de forma diferente expõe não apenas o seu caixa ao pagamento de multas, mas prejudica a continuidade da sua organização não governamental e te deixa, como administrador, desprotegido quanto a processos criminais.

Contar com os serviços de assessoria contábil de uma contabilidade especialista em ONGs permite mais agilidade e facilita a conformidade legal quando o assunto for controle do ativo imobilizado em sua instituição.

Quer mais detalhes sobre esse assunto?

Entre em contato com a gente, vamos bater um papo sobre como um bom controle do ativo imobilizado vai ajudar no desenvolvimento de sua entidade!

PARA MAIS INFORMAÇÕES ENTRE EM CONTATO CONOSCO

Fonte: Gestão Terceiro Setor

Você pode gostar também

Categorias

Posts Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fill out this field
Fill out this field
Digite um endereço de e-mail válido.
Você precisa concordar com os termos para prosseguir

Menu
Recomendado
Encontre o software ideal para a sua ONG com essas…