Corte de verbas para ONGs: o que fazer?

Corte De Verbas Como Mantaer Sua Ong Funcionando Post (1) - Quero montar uma empresa

Com o iminente corte de verbas para as ONGs, saiba o que fazer para manter a sua em pleno funcionamento

Veja as principais medidas a serem adotadas para manter a sua ONG, mesmo com o iminente cenário de corte de verbas

O artigo de hoje não tem o menor cunho político, mas como o tema central está inteiramente ligado às decisões que prejudicam as atividades das ONGs no país, se faz necessário contextualizar as notícias relacionadas ao assunto, que impactam diretamente nas contas dessas entidades.

Para sermos mais objetivos, o atual governo já vem há algum tempo sinalizando ser contrário às ONGs, e o corte de verbas já é uma realidade que preocupa bastante o setor, que precisará buscar meios para se manter e continuar prestando os seus serviços à sociedade.

Sendo assim, como o corte de verbas para as ONGs é o assunto do momento, a gente decidiu mostrar novos caminhos a serem seguidos pelos gestores, de modo a continuarem captando recursos para manter o pleno funcionamento dessas entidades, que são tão importantes para diversas causas no país.

Corte de verbas: o que fazer?

Bom, um dos principais argumentos do atual governo é que as ONGs “tiram proveito de convênios com os órgãos públicos”, além de outras frases ainda mais fortes e impactantes, com o propósito de, literalmente, eliminar qualquer tipo de auxílio do governo para essas entidades.

O cenário de corte de verbas é real e preocupante, mas precisamos reafirmar a importância das ONGs para a sociedade e lutar pela causa, pois, como já dizia a pensadora Bárbara Coré:

“Quem desiste da luta, senta para assistir a vitória dos outros”.

É a mais pura realidade, concorda?!

Então, separamos algumas dicas para que o corte de verbas não seja efetivado:

  • Independente do segmento, a união entre as ONGs é fundamental;
  • Mostre o valor da sua ONG para a sociedade (amplie a divulgação do seu trabalho);
  • Busque apoio na política (sempre há políticos solidários a diversas causas);
  • Mesmo com um cenário adverso, busque um líder que possa dialogar com o governo.

Mas, como tudo é imprevisível, também existem outras formas de captar recursos e falaremos sobre elas no tópico a seguir.

Outras formas de captação de recursos

Esse é o momento em que você, gestor, precisa se movimentar para mudar a atual situação e manter a sua ONG firme e forte!

Se há um possível corte de verba, a melhor estratégia é buscar recursos através de novas fontes.

E daremos exemplos de como fazer isso!

  • Abra um novo canal de comunicação com a sociedade e a motive para ajudar a sua causa (a Internet é um oceano de possibilidades);
  • Entenda quem possui uma maior liderança em sua ONG e os eleja para “vender” o seu projeto social para pessoas e empresas;
  • Esteja presente em eventos comunitários e promova o trabalho da sua entidade;
  • Seja atuante através do Marketing Digital (não há mais como negligenciar as ferramentas digitais);
  • Analise a ideia de promover um financiamento coletivo (diversas instituições atuam nesse sentido).

Conte com um bom suporte contábil!

Em momentos de desespero, fica até difícil tomar decisões assertivas e até entender a realidade das finanças da sua ONG.

Até mesmo porque você necessita concentrar todos os seus esforços para colocar tudo o que falamos em prática, de modo a captar novos recursos para a sua entidade.

Mas, pare e pense que se você tem um planejamento efetivo da sua contabilidade, além de uma gestão estratégica, você tem até como saber o que poderá eliminar de custos desnecessários, para ganhar ainda mais fôlego e, além disso, ter um olhar criterioso sobre os novos recursos que entrarão.

Portanto, caro amigo gestor, considere desde já contar com um suporte de especialistas em contabilidade para ONGs, capazes de virar esse jogo junto com você!

Para isso, basta nos contatar agora mesmo!

Fonte: Gestão Terceiro Setor

Você pode gostar também

Categorias

Posts Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fill out this field
Fill out this field
Digite um endereço de e-mail válido.
Você precisa concordar com os termos para prosseguir

Menu
Recomendado
Redução de salário: Empresas têm dúvidas de como fazer pagamento…