Custos financeiros de ONG – como e por que controlar?

Descubra Agora Mesmo Como E Porque Controlar Os Custos Financeiros Da Sua Ong Post (1) - Quero montar uma empresa

Descubra agora como controlar os custos financeiros da sua ONG

Descubra agora mesmo como identificar e controlar os custos financeiros da sua ONG com efetividade

Todos os gestores de ONG entendem bem que lidar com as finanças é uma tarefa duplamente complicada por se tratar de uma instituição sem fins lucrativos.

Sendo assim, qualquer indisciplina pode causar sérios problemas para a instituição, o que faz com que as saídas sejam mais recorrentes que as entradas no caixa.

Dessa forma, controlar os custos financeiros de uma ONG pode ser considerada uma tarefa obrigatória, mas infelizmente muita gente ainda não coloca esse processo em prática.

Pensando em você e no bem da sua instituição, preparamos um conteúdo completo para te ajudar a entender como e porque você deve controlar os custos financeiros da sua ONG.

Sendo assim, continue conosco e tenha uma excelente leitura!

Custos financeiros – o que são?

Antes de explorar os passos para realizar o controle dos custos financeiros da sua ONG, é preciso conhecê-los.

O erro de muitos gestores é acreditar que os custos financeiros são absolutamente todas as saídas do caixa, mas não é bem assim…

Os custos na verdade representam o valor usado para criar e produzir um produto ou serviço.

Sendo assim, os custos financeiros necessários para a atividade de uma ONG podem ser divididos em:

  • Custos fixos: são aqueles que fazem parte da rotina da ONG, normalmente mensais como por exemplo, conta de luz água, internet, aluguel, pagamento de funcionários ou voluntários e fornecedores, entre outros;
  • Custos variáveis: já os custos variáveis representam o valor gasto na produção e distribuição, sendo assim, o número pode variar bastante. Neste caso podemos mencionar os impostos devidos e custo com matéria-prima.

Como controlar os custos financeiros da minha ONG?

Agora que já entendemos um pouco mais sobre os custos financeiros de uma ONG, precisamos entender como controlá-los.

O primeiro passo já foi mencionado no tópico anterior, que é a identificação dos custos financeiros.

É preciso ter uma boa visão sobre os seus números para assim, passar para o segundo ponto: o registro.

Não tem como controlar algo sem tê-las em mão de forma organizada. Então é preciso ter muito comprometimento para registrar todos os custos financeiros e, assim, entendê-los.

Após analisar a real situação da sua ONG, é possível encontrar as soluções mais adequadas e colocar em prática técnicas que podem tornar a sua instituição muito mais bem sucedida em suas ações.

Controle os custos financeiros da sua ONG com assertividade

Você pode estar se perguntando, do porquê ser necessário conhecer, registrar e analisar os custos financeiros da sua ONG, e a resposta é muito simples.

Essas ações que, juntas, representam um controle de custos financeiros que podem fazer com que você identifique possíveis desperdícios, custos excessivos e mude essa realidade.

Isso pode promover uma boa economia para sua ONG e permitir que o dinheiro seja centrado em outras atividades fundamentais.

Por isso, a melhor maneira de garantir esses benefícios e controlar os custos financeiros com assertividade é contar com uma contabilidade!

Nós podemos te ajudar!

Somos uma contabilidade que pode atender as necessidades da sua ONG com total efetividade por meio de nossos serviços especializados.

Então, não hesite em contar com a nossa equipe altamente qualificada para cuidar dos seus custos financeiros da melhor forma possível

Para saber mais sobre como podemos te ajudar, basta entrar em contato conosco por meio das informações disponibilizadas em nossa página.

Estamos te aguardando!

Fonte: Gestão Terceiro Setor

Você pode gostar também

Categorias

Posts Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fill out this field
Fill out this field
Digite um endereço de e-mail válido.
Você precisa concordar com os termos para prosseguir

Menu
Recomendado
Confira o passo a passo para um efetivo controle de…