Declaração de Imposto de Renda – como funciona em ONGs?

Entenda Como Funciona A Declaracao De Imposto De Renda Para Ong Saiba Mais Na Descricao Post (1) - Quero montar uma empresa

Entenda como sua ONG deve proceder em relação à Declaração de Imposto de Renda!

Mantenha a regularidade da sua ONG, compreendendo como funciona a questão da Declaração de Imposto de Renda

Você já parou para pensar em tudo que é preciso para que sua ONG se mantenha ativa e atendendo o maior número de pessoas possível? 

Além de uma gestão impecável e boas estratégias de captação de recursos, é preciso estar em dia com as obrigações que garantem a plena conformidade fiscal da sua organização. 

Dentre essas obrigações, a Declaração de Imposto de Renda costuma gerar algumas dúvidas, por isso, ao longo deste artigo vamos esclarecer as principais. 

Assim, você terá o conhecimento adequado para manter a sua ONG em dia com essa questão e evitar problemas que podem atrapalhar o desenvolvimento das suas atividades sociais.

Declaração de Imposto de Renda – como funciona em ONGs?

A Declaração de Imposto de Renda é uma obrigação que abrange pessoas físicas e jurídicas, sendo que o imposto é cobrado sobre os rendimentos que foram obtidos durante um período de tempo. 

Contudo, quando o assunto se relaciona a organizações do terceiro setor, é comum que existam dúvidas em relação à isenção.

Existe uma declaração diferenciada quando o Imposto de Renda se liga às ONGs, que é voltada para declarar recebimentos por meio de doações. 

Essa declaração é disponibilizada pela própria Receita Federal e você pode acessá-la clicando no seguinte link:

Declaração a Ser Prestada Pelas Entidades Civis, Sem Fins Lucrativos, Quando do Recebimento de Recursos Sob Forma de Doação (PDF)

Com isso, você consegue esclarecer a questão do Imposto de Renda. 

Entretanto, é essencial ter em mente que ONGs têm sim obrigações fiscais a serem cumpridas, e é sobre o que falaremos no tópico a seguir.

Obrigações fiscais de uma ONG

Não é apenas a Declaração de Imposto de Renda que garante a conformidade da sua organização com as questões fiscais, sendo necessário realizar as seguintes entregas: 

  • Escrituração contábil financeira;
  • Escrituração contábil digital;
  • EFD contribuições;
  • Declaração de débitos e créditos tributários federais;
  • Declaração do Imposto de Renda retido na fonte;
  • e-Social; entre outros. 

Todos esses pontos fazem parte da prestação de contas que sua entidade do terceiro setor precisa realizar para poder realizar as atividades em plena regularidade. 

Sem isso, a sua ONG precisará lidar com problemas com o fisco, que podem até mesmo interferir na continuidade das atividades que você realiza.

Para isso, ter suporte contábil é indispensável, pois você conta com especialistas no assunto te auxiliando a manter tudo em dia da forma mais adequada possível.

Conte com suporte contábil adequado!

Para ter um suporte realmente impecável, especializado em contabilidade para o terceiro setor, você pode contar conosco. 

Com nosso suporte, você tem o auxílio de profissionais contábeis especializados na sua área de atuação, que compreendem as especificidades existentes para organizações do terceiro setor e são preparados para cuidar de tudo para você de forma impecável. 

Assim, você mantém sua organização distante de problemas fiscais e tem tranquilidade para focar sua atenção no funcionamento da ONG. 

Sendo assim, não hesite em entrar em contato conosco agora mesmo!

Fonte: Gestão Terceiro Setor

Você pode gostar também

Categorias

Posts Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fill out this field
Fill out this field
Digite um endereço de e-mail válido.
Você precisa concordar com os termos para prosseguir

Menu
Recomendado
Entenda como os tributos de indústrias são calculados e quanto…